Aquecedor Solar Compacto Solquent 200 Litros

O Solquent foi desenvolvido especialmente para HIS – Habitação de Interesse Social e é indicado para residências de até 80 m² de conjuntos habitacionais.

O reservatório térmico é em termoplástico com isolamento em poliuretano sem CFC e acabamento externo em alumínio. Suporta alimentação de água fria direto da rede pública, através de uma caixa de quebra pressão acoplada ao seu reservatório térmico, com capacidade de 200 litros, que atende até 5 banhos diários.

Possui coletores solares nas opções 1,6m² ou 2,0 m² de área coletora, desenvolvidos em cobre e alumínio, com classificação A do INMETRO, além de produção média mensal de energia de 161,4 kWh/mês (para coletores de 2.0m²). O Aquecedor Compacto Solquent pode ser instalado com um ou dois coletores, atendendo a todas as regiões do país.

*Este produto é fornecido exclusivamente para Construtoras

Solicite um Orçamento

Para solicitações de orçamentos relacionados à HIS, favor entrar em contato através de um dos canais abaixo:

Telefone
14 3812-2002

Formulário de solicitação (Canal exclusivo para construtoras)

Especificações Técnicas

Modelos Solquent Solquent Plus
Indicado para residências com área construída de até 80 m² 80 m²
Caixa de quebra pressão que recebe alimentação de água fria direta da rede pública ou caixa central elevada Termoplástico com capacidade nominal de 25 litros Termoplástico com capacidade nominal de 80 litros
Coletor Solar Área 1,6 m² ou 2,0 m² 1,6 m² ou 2,0 m²
Isolamento Térmico Poliuretano Rígido sem CFC Poliuretano Rígido sem CFC
Caixa Externa Perfil Lateral e Fundo em Alumínio Perfil Lateral e Fundo em Alumínio
Tubulação Cobre Cobre
Vedação Borracha de Silicone Borracha de Silicone
Especificações do Coletor Solar 1,6 m² Comprimento 2050 mm 2050 mm
Largura 795 mm 795 mm
Altura 54 mm 54 mm
Peso Vazio 16 kg 1 6kg
PME (Produção Média Mensal de Energia) 182,2 kWh/mês 182,2 kWh/mês
Especificações do Coletor Solar de 2,0m² Comprimento 2050 mm 2050 mm
Largura 1030 mm 1030 mm
Altura 54 mm 54 mm
Peso Vazio 20 kg 20 kg
PME (Produção Média Mensal de Energia) 161,3 kWh/mês 161,3 kWh/mês
Rerservatório Térmico Interno Termoplástico Inox
Isolamento Térmico Poliuretano sem CFC Poliuretano sem CFC
Capa Externa Alumínio Alumínio
Pés/Suporte Aço com pintura especial em tinta epoxi a pó Aço com pintura especial em tinta epoxi a pó
Dimensões/Peso do Reservatório Térmico Diâmetro 500 mm 600 mm
Comprimento 1580 mm 1000 mm
Peso Vazio 28 kg 32 kg
Capacidade do Reservatório Térmico Nominal 200 litros 200 litros
Válvula Anticongelamento Opcional Opcional

Passo a Passo da Instalação do Aquecedor Solar Compacto Solquent

EPI Aquecedor Solar de Água

Passo 01 - Análise e definição de telhado ideal

Com o projeto executivo em mãos, deve-se observar o local indicado no projeto para a instalação, ou seja, em qual lado do telhado deve ficar o aquecedor solar. Também é possível ver no projeto, a quantidade e o tipo do coletor, pois existem locais onde devem ser instalados 2 coletores e outros onde 1 coletor atenderá às exigência do projeto em função da orientação de cada telhado.

Projeto em planta de conjunto habitacional

Passo 02 - Preparação da estrutura do telhado

Após a escolha do telhado deve-se preparar a estrutura. Isso é feito com a instalação de dois caibros auxiliares que irão sustentar o reservatório térmico. A distância entre eles deve ser de 1,08 à 1,12 metros.

Passo 02

Caibro auxiliar instalado para receber o suporte do RT através da fixação por barras roscadas

Vista dos detalhes de fixação do reservatório térmico sobre o telhado

Passo 03 - Preparação da fixação do suporte do reservatório térmico

Com os caibros auxiliares no lugar, é hora de fixar as barras roscadas de suporte do reservatório térmico. Normalmente, a barra vem inteira e deve ser cortada em 4 pedaços de 25 centímetros cada. Também serão necessárias as porcas e arruelas.

Passo 03

Barra roscada inteira

Passo 03

Barra roscada cortada e com porcas e arruelas

Passo 04 - Furação da estrutura do telhado e telhas

Após o corte da barra roscada, é hora de furar os caibros auxiliares e as telhas e fixar as barras com as porcas e arruelas, de modo que uma parte da barra roscada fique acima do nível da telha. É muito importante que o furo na telha não fique no canal da água, ou seja, que o furo seja feito em uma telha do tipo capa e não bica.

Passo 04

Furo sendo feito em telhado tipo capa

Passo 04

Fixação da barra roscada no caibro auxiliar

Passo 05 - Medidas para fixação das barras roscadas

As barras roscadas devem ser fixadas de acordo com as distâncias dos furos dos pés do reservatório térmico, que é de 32 centímetros. É aconselhável instalar esse reservatório no ponto mais alto possível do telhado.

Passo 05

Distância entre as barras roscadas

Passo 05

Vista em corte da barra roscada instalada

Desenho em corte da barra roscada instalada

Passo 06 - Reposição das telhas e vedação das barras roscadas

Depois é preciso encaixar as telhas e fazer algo muito importante, que é a vedação dos furos com silicone e manta asfáltica por cima.

Passo 06

Telha furada sendo colocada sobre a barra roscada já fixada

Passo 06

Barra roscada sendo vedada com silicone junto à telha do tipo capa

Passo 06

Manta asfáltica colocada por cima do silicone e junto à barra roscada

Passo 07 - Colocação do reservatório térmico sobre o telhado

Depois é preciso colocar as porcas e arruelas, posicionar o reservatório térmico no lugar encaixando os furos dos pés em cada barra roscada e, em seguida, nivelar de modo que os pés não encostem nas telhas, lembrando que os pés do reservatório térmico já servem como suporte do próprio reservatório.

Passo 07

Porcas e pés do reservatório térmico já sendo fixados nas barras roscadas

Passo 08 - Fixação do reservatório térmico e caixa quebra-pressão

Após posicionar corretamente o reservatório térmico, faça o aperto das porcas com as arruelas para travá-lo. Inicie a montagem do tanque de quebra pressão, fixando-o com as duas cintas de alumínio e rebites que compõem o kit. Este tanque deve ficar no prumo e a sua boia deve ser regulada após a montagem. É importante que o braço da boia fique em uma posição de forma a trabalhar verticalmente.

Passo 08

Porca de fixação do reservatório térmico na barra roscada sendo apertada

Passo 08

Caixa Quebra-Pressão sendo fixada com rebites

Passo 09 - Uso de gabaritos na montagem do reservatório térmico

Muitas vezes a montagem do tanque de quebra-pressão e sua boia é feita ainda no chão, com o uso de gabaritos, de forma a facilitar e acelerar a montagem desses componentes.

Passo 09

Montagem da Caixa de Quebra-Pressão no RT sobre gabarito

Passo 09

Caixa de Quebra-Pressão sendo fixada no RT com uso de gabarito

Passo 10 - Fixação do suporte dos coletores

Avalie e defina a posição do coletor e prepare as cintas de fixação do mesmo. Cada cinta deve ser passada pela telha e não é necessário furar a telha para isso. Dentro do telhado, ela é dobrada e fixada na estrutura com um parafuso autobrocante.

Passo 10

Suporte tipo cinta metálica de fixação do coletor solar sendo introduzido no telhado

Passo 10

Técnico ajustando a posição do suporte tipo fita metálica no telhado

Passo 10

Suporte tipo cinta metálica do coletor solar ajustado para ser fixado internamente

Passo 10

Passo 1 da fixação da cinta na estrutura do telhado

Passo 10

Passo 2 da fixação da cinta na estrutura do telhado

Passo 10

Suporte tipo cinta metálica para coletores fixado na estrutura do telhado

Passo 11 - Fixação do coletor solar

Na sequência, encaixa-se o coletor no suporte de coletores tipo cinta metálica de forma que o mesmo fique fixado sobre o telhado.

Passo 11

Coletor solar sendo fixado nos suportes sobre o telhado

Passo 11

Coletor solar já fixado nos suportes

Passo 12 - Interligação hidráulica do aquecedor solar

Depois é hora de realizar as interligações hidráulicas e fixar todas as mangueiras através das abraçadeiras que compõem o kit de instalação. Caso tenha válvula anticongelamento também é o momento de fixá-la. Algumas vezes, isso é feito ainda no chão, quando se usa os gabaritos de montagem. A mangueira da saída de consumo do reservatório térmico também já pode ser conectada ao tubo de consumo que está à espera acima do telhado. Todas essas mangueiras devem receber isolamento com proteção U.V.

Passo 12

Mangueira sendo fixada no coletor solar

Passo 12

Isolamento térmico é afastado para fixação da abraçadeira junto ao coletor solar

Passo 12

Válvula anticongelamento mecânica

Passo 12

Tubos de interligação com isolamento térmico com proteção de folha de alumínio

Passo 13 - Interligação do aquecedor solar à rede pública de abastecimento de água fria

Nesse momento, faz-se a ligação da água fria, que vem da instalação hidráulica da casa após o hidrômetro, para o tanque quebra pressão. Para isso, normalmente são necessários: registro esfera de PVC ½", tubo de PVC de ½", cotovelos de PVC de ½", união de PVC de ½", te de PVC de ½", lixa e cola para PVC. Essas peças não acompanham o kit de instalação do aquecimento solar. É importante proteger essas peças de PVC da irradiação solar.

Passo 13

Registro de PVC sendo instalado na Caixa de Quebra-Pressão

Passo 13

Rede hidráulica de água fria sendo conectada à Caixa de Quebra-Pressão e Respiro isolado termicamente

Passo 14 -Interligação com a rede hidráulica de água quente

Agora é hora de finalizar e fazer a interligação da saída de água quente do reservatório térmico com a rede hidráulica de água quente da residência que já deve estar na espera acima do telhado. Lembrar de vedar bem os furos de passagem.

Passo 14

Interligação do tubo de consumo do reservatório térmico na hidráulica da residência

Passo 15 - Verificação da vedação de tubos junto às telhas

A próxima etapa é verificar a vedação de todos os furos feitos nas telhas para a passagem dos tubos hidráulicos. Lembre-se que isso é muito importante e essa vedação deve ser feita com silicone no furo e manta asfáltica por cima, da mesma forma que se fez a vedação das barras roscadas de suporte do reservatório térmico.

Passo 15

Tubo Hidráulico vedado com silicone e manta asfáltica

Passo 16 - Enchimento do sistema e verificação de funcionamento

Agora é só encher o sistema e conferir se não há vazamentos e também verificar se a água passou a ser aquecida.

Passo 13

Aquecedor Solar Compacto com sua instalação concluída e pronto para aquecer a água e gerar benefícios

Passo 13

Soletrol Indústria e Comércio LTDA - Indústria 100% Brasileira

Conecte-se com a Soletrol